Menu Paginas

sábado, 23 de abril de 2016

O SEGUNDO MAIOR ERRO DA ADMINISTRAÇÃO PUBLICA

  TERCEIRIZAÇÃO E CONTRATAÇÃO  DE SERVIÇOS
Como forma de resolver paliativamente os problemas de gestão e execução dentro da administração pública, muitos gestores acreditam que a terceirização de mão de obra e contração de empresas para prestar outros serviços melhora a qualidade e contribui para a melhor efetivação no gerenciamento da máquina pública.
 O que muitos administradores não vêem é que o troca-troca de funcionários de pastas e cargos importantes a cada gestão gera uma "quebra" na linha de trabalho iniciada e o que deveria melhorar os serviços ofertados acaba complicando a plena efetivação dos direitos assegurados aos cidadãos. 
As constantes mudanças dos responsáveis por rotinas administrativas, identificação e contingenciamento de problemas acaba por gerar mais custo, por não fixar mão de obra permanente/conhecedora da realidade/ambiente  a qual atuam, bem como terminam por extinguir planejamentos estratégicos de programas, projetos e ações já em andamento. 
Do outro lado a contração de empresas especializadas para o desenvolvimento e assessoria de ações junto a gestão também compromete o bom andamento da coisa, uma vez que frequentemente serão desembolsados valores dos cofres públicos para atender diversas necessidades que geralmente não resultam em melhores resultados, economia e crescimento patrimonial e financeiro das empresas públicas considerando que a locação de máquinas, produtos e serviços na visão custo-benefício dificilmente seguem as prerrogativas elencadas nos editais de licitação impossibilitando dessa forma o retorno desejável.

Por.Francisco Freire
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário