Menu Paginas

segunda-feira, 11 de maio de 2015

CENTRO-SUL TEM 4 OBRAS PARALISADAS

Image-0-Artigo-1850695-1

Iguatu. De seis obras de construção e recuperação de rodovias estaduais na região Centro-Sul do Ceará, quatro estão paralisadas. Os serviços foram suspensos, deixando os moradores apreensivos sobre a retomada dos trabalhos. A edificação das estradas representa sonho antigo da comunidade regional, e o temor dos motoristas e produtores rurais é que ocorra uma paralisação por longo
tempo.
Uma das obras paradas é a construção de pavimentação asfáltica da rodovia CE-282, no trecho de 40 km entre a cidade de Icó e o distrito de Icozinho. No último dia 1º de maio, houve manifestação de agricultores, trabalhadores urbanos e servidores públicos contra a interrupção dos serviços. "Os operários começaram a fazer a terraplanagem, mas a obra está parada", lamentou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Icó, Lourival Teixeira.
No município de Jucás, há cerca de uma semana que a obra de construção do trecho de 22 km da CE-166, que liga a sede do município até o distrito Vila Mel, foi paralisada por completo. Antes, houve redução no número de máquinas e operários. Cerca de 30% dos serviços foram concluídos. "Cumprimos o cronograma financeiro apresentado pelo DER (Departamento Estadual de Rodovias)", disse o construtor Antônio Luís Teixeira, responsável pela obra. "Estamos aguardando a liberação de novos recursos para retomada da obra". Teixeira disse que não lhe foi apresentada data para liberação de nova verba. "Há uma expectativa de que poderá ocorrer no início do segundo semestre deste ano", observou.
A suspensão de obras traz prejuízos e transtornos para as empresas que precisam demitir operários, cancelar contratos de locação de máquinas e depois fazer novas contratações.
O trecho de quase 22 km da CE-284, entre Cariús e a localidade de Umarizeiras, no entroncamento com a CE-060 está parado há um mês. Cerca de 30% dos serviços foram concluídos. A terraplanagem avançou bastante. A obra também é de responsabilidade da empresa Teixeira Construção.
O serviço de recuperação da CE-371, entre Acopiara e Catarina, também está interrompido. O trecho de 55 km estava danificado e apresentava muitos buracos. A obra de restauração começou no ano passado para satisfação dos motoristas e usuários.
Equação financeira
O DER esclareceu que no trecho da rodovia entre Icó e Icozinho será feita uma nova licitação para a obra integrar o Programa Viário de Integração e Logística (Ceará IV). Com relação às obras nos municípios de Jucás e Cariús, está sendo feita uma nova equação financeira. Os recursos são do Estado. Sobre os serviços de recuperação da rodovia CE-371, no trecho entre as cidades de Acopiara e Catarina, 63% já foram concluídos.
A obra de alargamento e restauração do trecho da CE-060, entre Acopiara e Mombaça, tem orçamento de R$ 44 milhões, numa extensão de 46 km. É contemplada pelo Ceará IV e está com 57% dos serviços concluídos. Já o trecho de 24 km da CE-282, entre Malhada Vermelha e Guassussê/Rochedo, em Orós, tem orçamento de R$ 14 milhões e está com 73% dos serviços concluídos
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário