Menu Paginas

sexta-feira, 13 de março de 2015

SANTA QUITÉRIA ENTRE OS SETE MUNICÍPIOS CEARENSES EM SITUAÇÃO DE RISCO PARA SURTO DE DENGUE

13/03/2015 - Sete municípios cearenses estão em situação de risco de surto de dengue. As informações são do mais novo Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti (LIRAa), divulgado nesta quinta-feira (12) pelo Ministério da Saúde. O primeiro relatório do ano revelou que das 40 cidades avaliadas no Ceará, as localidades de Baturité, Canindé, Coreaú, Hidrolândia, Santa Quitéria, Tauá e Varjota apresentaram índices de infestação pelo mosquito da dengue acima do aceitável. 
Outros 13 municípios se encontram em situação de alerta e 20 estão em condições satisfatórias, de acordo com os parâmetros do Ministério. Em Canindé, a cidade mais prejudicada do Estado, 14,1% dos imóveis vistoriados pelos agentes de endemia apresentaram larvas do mosquito. Os municípios em risco possuem índices de contaminação acima de 4%: 
Em Fortaleza, a situação foi considerada de alerta pelo Ministério da Saúde. Um total de 1,4% das casas apresentaram focos do Aeades Aegypti. Além da Capital, também estão na mesma situação as cidades de Aquiraz, Cariré, Cascavel, Irauçuba, Juazeiro do Norte, Massapê, Maranguape, Pacajus, Pacatuba, Pires Ferreira e Reriutaba.
Dentre os municípios em situação satisfatória estão Alcântaras, Camocim, Crateús, Sobral, Eusébio, São Gonçalo do Amarante e Russas. 
O LIRAa é o mapeamento dos focos de Aedes Aegypti nos imóveis dos município participantes. A partir da análise, é possível identificar os criadouros predominantes e a situação de infestação.
Nesta edição do levantamento, foram monitorados 1.844 cidades no Brasil. Destas, 627 demonstraram situação satisfatória, 877 estão em situação de alerta e 340 estão em risco. 
Pelo levantamento, Cuiabá (MT) é a única capital em situação de risco. Ao todo, 18 capitais que apresentaram índice de alerta: Aracajú (SE), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Macapá (AP), Maceió (AL), Manaus (AM), Palmas (TO), Porto Alegre (RS), Porto Velho (RO), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Luís (MA), São Paulo (SP) e Vitória (ES). Estão em situação satisfatória João Pessoa (PB), Teresina (PI) e Brasília (DF).

Diário do Nordeste
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário