Menu Paginas

quinta-feira, 26 de março de 2015

Previsão pessimista para o próximo trimestre

Fortaleza. Desde novembro do ano passado, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) faz prognósticos climáticos sobre as chuvas de 2015. Agora em março, foram realizadas novas análises das condições oceânicas e atmosféricas e, assim como nas quatro previsões anteriores, a constatação é preocupante: a maior probabilidade é de que as
chuvas fiquem na categoria abaixo da média entre os meses de abril, maio e junho no Ceará, o que sugere precipitações irregulares tanto no tempo, com ocorrência de veranicos, quanto no espaço, com divisão heterogênea entre as macrorregiões.
Segundo a última previsão elaborada pela Funceme, "no próximo trimestre a probabilidade de chover abaixo da média histórica do período é de 49%. Para a categoria em torno da média, a possibilidade é de 44% e a chance de as precipitações serem acima da média é de apensas 7%". O período analisado corresponde à segunda metade da estação chuvosa (abril e maio) e o primeiro mês da pós-estação chuvosa (junho). No Ceará, a média histórica do trimestre analisado é de 311,7mm, sendo 184,3mm de abril, 89,9 de maio e 37,5 de junho.
Neste feriado da Abolição da Escravatura do Ceará, a chuva se concentrou na região do Cariri e Jaguaribana. Conforme atualização realizada na página eletrônica da Funceme às 11h15 de ontem, 50 municípios acusaram precipitações das sete horas da manhã da última terça-feira até sete horas de ontem.
Crato (105.0 mm), Barbalha (70.0 mm), Jati (60.0 mm), Missão Velha (56.4 mm), Ererê (46.5 mm), Lavras Da Mangabeira (40 mm) e Iracema (37 mm) registraram as maiores chuvas.
Conforme a Funceme, a precipitação de ontem aconteceu por existirem nuvens sobre o Ceará. "Essa nebulosidade está associada a áreas de instabilidade que se formam em virtude da atuação do sistema atmosférico Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), padrão observado nos últimos dias".
Nebulosidade
A previsão para hoje é de que "as condições atmosféricas deverão ficar favoráveis à ocorrência de precipitações sobre o setor norte do Nordeste brasileiro. Por isso, o Ceará deverá ficar com nebulosidade variável e com chuvas em todas as regiões no decorrer do dia". Já nesta sexta-feira, "o Ceará deverá ficar com nebulosidade variável e com chuvas em todas as regiões".
Apesar das boas precipitações, o primeiro trimestre deve fechar com um déficit hídrico em relação à média normal, conforme havia previsto a Funceme. Até ontem, choveu em janeiro, fevereiro e março apenas 276,5 milímetros, quando o normal é 432 mm, ocasionando um desvio negativo de 36%.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário